A Galp vai passar a fornecer eletricidade, em exclusivo, nos 400 pontos de carregamento da rede pública de mobilidade elétrica da Mobi.E, foi esta sexta-feira anunciado.

“A Galp vai ser a fornecedora exclusiva de eletricidade nos 400 pontos de carregamento da rede pública de mobilidade elétrica da Mobi.E. O contrato com a Entidade Gestora para a Mobilidade Elétrica já foi assinado e fará agora chegar a energia da Galp à totalidade dos pontos desta rede, que integra cerca de 1.000 tomadas”, disse, em comunicado, a empresa portuguesa.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/tarifa-de-eletricidade/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”112″ slug=”tarifa-de-eletricidade” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/tarifa-de-eletricidade/thumbnail?version=1530096263633&locale=pt-PT&publisher=observador.pt” mce-placeholder=”1″]

Desta forma, a energia fornecida pela Galp será utilizada no carregamento de veículos elétricos nos pontos de carregamento da rede pública e também, durante o período que antecede a abertura de mercado (prevista para o terceiro trimestre), nos autoconsumos dos próprios pontos de carregamento.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A partir do arranque da fase de mercado, “os utilizadores de veículos elétricos terão de abastecer contrato com uma Comercializadora de Energia para Mobilidade Elétrica”.

A Galp tem ainda em curso um processo de expansão da sua rede de carregadores rápidos que prevê a instalação de 18 novos carregadores de veículos elétricos em 2018, passando a empresa a operar em 36 carregadores do tipo. Conforme indicou a empresa, o parque de veículos elétricos em Portugal tem uma dimensão estimada em cerca de 10 mil carros.