Daimler

Daimler vai testar “shuttle” autónomo na Califórnia

Daimler e Bosch vão testar um sistema de "shuttle" autónomo na Califórnia. O veículo sem condutor, capaz de se deslocar sem intervenção humana, vai ser posto à prova na região de Silicon Valley.

Bosch e Daimler estão a desenvolver soluções autónomas desde Abril de 2017, com instalações em Estugarda e Silicon Valley. O estágio de evolução do sistema desenvolvido é tal que encorajou ambas empresas a avançar para testes públicos, perante o escrutínio da imprensa e servindo pessoas, aquelas que se movimentam em determinada zona de Silicon Valley – ainda não revelada –, onde estão os escritórios centrais de companhias como a Microsoft, Google ou Tesla.

O sistema de shuttle vai estar disponível através de uma app, em que os passageiros solicitam o transporte do ponto A para o B, e a app informa sobre a chegada do próximo veículo, bem como a rota prevista. E embora autónomos, numa primeira fase, os veículos vão ser obrigados a ter um condutor sentado ao volante, pronto a intervir caso o sistema funcione de forma não ideal e coloque os passageiros (ou os outros veículos e transeuntes) em perigo.

A Daimler vai entretanto testar o sistema em veículos normais da Mercedes, antes de os aplicar nos shuttles, a começar pelos Classe B e S.

Além da Daimler e Bosch, está também envolvida no projecto a Nvidia, uma vez que sem o seu sistema de inteligência artificial, denominado Drive Pegasus, não haveria condução autónoma. Estes veículos iniciais servem ainda para colectar dados, de forma a poder programar de forma eficaz a unidade de controlo do veículo da Nvidia, componente que está envolvido por um sistema de refrigeração, similar ao utilizado para manter as baterias dos veículos dentro dos limites da temperatura de funcionamento.

Participe nos Prémios Auto Observador e habilite-se a ganhar um carro

Vote na segunda edição do concurso dedicado ao automóvel cuja votação é exclusivamente online. Aqui quem decide são os leitores e não um júri de “especialistas” e convidados.

Participe nos Prémios Auto ObservadorVote agora

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)