Está tudo a ser fantástico e é só mar, piscina, sol, almoços prolongados, sestas à sombra e jantares tardios, até surgir um pequeno acidente e as férias serem arruinadas. Talvez não arruinadas – já estamos a dramatizar. Mas falamos de acidentes normais que podem sempre acontecer nas férias com ou sem crianças e que obrigam a logísticas de procurar uma farmácia, um centro de saúde ou um hipermercado perto quando, na verdade, podem ser resolvidas em casa. Se formos experts a preparar-nos, claro.

No ano passado, a passar férias no meio de um monte no Alentejo, cortei a mão com a faca do pão e foi um golpe profundo e comprido – está cá a cicatriz para me lembrar desta história para o resto da vida. Agora dá para rir mas, na altura, não tinha levado qualquer produto para desinfetar ou cicatrizar, nem pensos nem nada para um acidente deste tipo. A tarde acabou com a minha mão embrulhada num pano da cozinha e uma longa viagem à procura de uma farmácia onde me pudessem ajudar.

Então, claro que isto não arruína as férias de ninguém, mas são pequenas situações do dia a dia – principalmente para quem viaja com crianças – que, se levar uma mala com tudo o que precisa em situações SOS, vão acabar por ser resolvidas facilmente e evitar uma grande dose de stress.

Desde produtos para picadas de insetos, piolhos, cicatrizante para cortes, queimaduras, escaldões e até pinças para tirar, por exemplo, picos de um ouriço-do-mar do pé (acredite, já me aconteceu num outro verão) e outros contratempos que podem acontecer a qualquer pessoa no meio das suas aventuras veranis, preparámos uma fotogaleria com tudo o que precisa para facilitar a vida a quem está de partida para o querido mês de Agosto. E até uma app simples que ajuda a descobrir em tempo real o nível de radiação do sítio onde está e permite receber notificações sempre que for necessário reaplicar o protetor solar. Útil aos mais esquecidos.