As áreas A e Z do terminal 1 do Aeroporto de Frankfurt foram esta terça-feira evacuadas. No Twitter, a polícia federal alemã anunciou a evacuação e o jornal Bild avançou que uma pessoa teria rompido a barreira de segurança do aeroporto para depois desaparecer. Três horas depois, a polícia esclareceu que se tratou de uma falha de segurança: uma família francesa de quatro elementos testou positivo na zona de controlo de explosivos mas foi autorizada a prosseguir. Quando encontrados, os indivíduos foram interrogados e autorizados a viajar.

O terminal 1 do Aeroporto de Frankfurt regressou entretanto ao seu normal funcionamento.

O embarque nas áreas A e Z foi interrompido às 10h21 de Portugal Continental, mais uma hora na cidade alemã. A evacuação prejudicou as viagens de 13 mil pessoas e 60 voos foram cancelados.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ainda em julho o aeroporto de Munique foi evacuado porque uma mulher entrou numa área de segurança interdita aos passageiros. A invasão obrigou ao cancelamento de 200 voos e outros 60 ficaram atrasados. Duas horas depois as regiões evacuadas foram novamente abertas.