O criador dos Concertos para Bebés, musicólogo e maestro Paulo Lameiro, venceu o concurso lançado pela Câmara de Leiria para preparar a candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027, divulgou esta terça-feira a autarquia.

A contratação da empresa Musicalmente, liderada por Paulo Lameiro, foi aprovada esta terça-feira pelo executivo e, segundo nota divulgada pela autarquia, terá de desenvolver “uma estratégia cultural para preparação da candidatura”, no âmbito de um contrato com vigência até 2021. O concurso, avança a Câmara, visou a contratação de “uma equipa liderada por um diretor artístico, com elevada experiência, a vários níveis, nomeadamente no âmbito da conceção e produção artística, formação artística, projetos internacionais, entre outros”, além de procurar alguém “provido de elevada notoriedade neste contexto”.

Paulo Lameiro é diretor artístico na companhia Musicalmente e da Sociedade Artística e Musical dos Pousos (SAMP). Há 20 anos lançou o projeto Concertos para Bebés, que já deu mais de mil concertos dedicados à primeira infância e famílias, da China ao Brasil, passando por diversos países europeus. Estas produções envolveram mais de uma centena de convidados, como Mário Laginha, Bernardo Sassetti, Pedro Carneiro ou Luísa Sobral.

Segundo o comunicado da autarquia, a contratação da Musicalmente e de Paulo Lameiro é “mais um passo no sentido de concretizar a ambição do município de Leiria de ser Capital Europeia da Cultura em 2027”. Leiria assumiu a intenção de avançar com uma candidatura em 2015. Desde 2016 que uma equipa liderada por João Bonifácio Serra – que coordenou Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura – e integrando Paulo Lameiro, trabalhava no estudo da candidatura.