A seleção portuguesa obteve mais duas medalhas de prata na sessão da tarde de sábado dos Campeonatos Ibero-americanos de atletismo, que decorrem em Trujillo, no Perú.

A primeira medalha de prata foi conquistada no lançamento do peso, por Tsanko Arnaudov, mesmo sem chegar aos 20 metros. O benfiquista lançou o peso a 19,34 metros.

O recordista nacional português apenas foi superado pelo grande favorito da prova, o brasileiro Darlan Romani, que lançou 20,74 metros, um recorde dos campeonatos. O terceiro lugar foi para o equatoriano Eduardo Espin (16,13). Apenas competiram três atletas.

No triplo-salto feminino, medalha de prata para Susana Costa, que saltou 13,76 metros, perdendo apenas para a principal favorita, a colombiana Yosiry Urrutia, que saltou 14,14 metros (com vento favorável superior ao permitido (+2,4 m/s).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A outra portuguesa em prova, Lecabela Quaresma, ficou na quarta posição, com a marca de 13,24 metros, sendo superada pela peruana Daniela Segura (13,46 metros).

Os Campeonatos prosseguem hoje, só com uma jornada matinal (com início às 16h30 portuguesas), com Portugal a apresentar uma equipa de 4×400 metros (18h10).