Street Style

Que coisa é essa que espreita por entre os trapos? Chama-se personalidade

Ao segundo dia, o Porto finalmente exibiu as suas verdadeiras cores. Depois de um arranque tímido, o público do Portugal Fashion deu tudo no styling e até vestiu criadores nacionais.

Uma camisa de Inês Torcato foi o que bastou a Raquel. Isso e umas texanas brancas, que na verdade deviam fazer parte da lista de básicos para este outono. Nisto, o street style é um espelho da vida real: influenciados e influenciadores distinguem-se a léguas, não pelas marcas que usam, nem pelas roupas “cedidas”, mas pelo inusitado das combinações e, claro, pela personalidade, que tem obrigação de sobressair por entre os trapos. No segundo dia de Portugal Fashion, encontrámos umas quantas personagens que encaixam na segunda categoria e não fomos ingénuos no apuramento (achamos nós). Pelo sim, pelo não, comprove na fotogaleria.

Texto de Mauro Gonçalves, fotografia de João Porfírio.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mgoncalves@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)