O Bayern de Munique foi alvo de críticas depois de ter publicado uma foto da sua equipa numa festa do dia das Bruxas. Na foto em causa, os jogadores do Bayern estavam mascarados e as críticas surgem por Rafinha, o jogador brasileiro, se ter disfarçado de árabe, tendo consigo um pacote com autocolantes indicativos de perigo, que se assemelhava a uma bomba.

Embora o clube alemão tenha apagado a fotografia, alguns utilizadores do Twitter vieram expressar o seu desagrado perante a publicação do clube, advertindo para as consequências negativas que este tipo de atos podem ter:

As reações e críticas online levaram a que Rafinha escrevesse uma mensagem no seu Twitter, como pedido de desculpa a quem se tenha sentido ofendido, dizendo: “O Halloween é uma celebração assustadora na qual se usam disfarces exagerados. Não tive qualquer intenção de ofender alguém com o meu disfarce.”