Municípios

Municípios querem redução do IVA das refeições escolares e iluminação pública

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) quer que o Orçamento do Estado para 2019 contemple uma diminuição do IVA para a taxa reduzida das refeições escolares e iluminação pública.

Antonio Cotrim/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) quer que o Orçamento do Estado para 2019 contemple uma diminuição do IVA para a taxa reduzida das refeições escolares e iluminação pública.

O Conselho Geral da ANMP aprovou esta terça-feira, em Coimbra, o parecer positivo que o Conselho Diretivo tinha dado sobre o Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), em que a entidade destaca a recuperação e reforço da capacidade financeira dos municípios, apesar de apontar para algumas situações negativas que merecem ser reformuladas no debate na especialidade.

Uma dessas questões prende-se com a diminuição do IVA dos atuais 13% para a taxa reduzida (6%) das refeições escolares e da iluminação pública, disse aos jornalistas o presidente da ANMP, Manuel Machado, no final da reunião do Conselho Geral.

Relativamente à iluminação pública, esta deve estar à taxa reduzida “dado ser uma função de segurança das cidades, vilas e aldeias”, sendo que as refeições escolares – que estão com a mesma taxa aplicada à restauração – devem ser entendidas como “um serviço social que as autarquias prestam às crianças em idade escolar”, explanou.

“É necessário que isso seja corrigido”, vincou Manuel Machado.

De acordo com o presidente da ANMP, há outros aspetos que merecem ser equacionados, nomeadamente a data escolhida para o pagamento do IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis), com as autarquias a pedirem para que a primeira tranche decorra “por transferência, em maio, do tesouro para as autarquias”, face aos planos de financiamento dos municípios, nomeadamente o pagamento de subsídio de férias em junho.

Os municípios vão também procurar eliminar a taxa do audiovisual sobre equipamentos municipais, como a “baixa de eletricidade para alimentar semáforos, para o serviço do cemitério ou para as bombas de água nos jardins”.

“É uma questão quase simbólica, mas é uma questão de princípio”, frisou Manuel Machado.

O presidente da ANMP voltou a frisar a importância de garantir que seja corrigido “um lapso” identificado no valor global que é transferido aos municípios, faltando mais de 18 milhões de euros de um total de 2.665 milhões de euros que as autarquias devem receber em 2019 (um aumento de 7% face a 2018).

“É uma lei positiva, que tem aspetos importantes que nós temos vindo a salientar e que merece ser aperfeiçoada em alguns aspetos”, disse Manuel Machado, acreditando que, com a contribuição dos grupos parlamentares, seja possível melhorar alguns aspetos.

Na quinta-feira, a ANMP é ouvida na Assembleia da República sobre a proposta do OE2019.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)