PSD

Marcelo recusa comentar diretamente caso de José Silvano. Na resposta, falou de exemplos para os jovens

Marcelo Rebelo de Sousa não comenta o caso das falsas presenças de José Silvano. O Presidente da República não quis dar a sua opinião sobre "casos concretos" e deu exemplo da política de refugiados.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar, esta quinta-feira, o caso das falsas presenças de José Silvano no Parlamento. O Presidente da República não quis dar a sua opinião sobre “casos concretos” e preferiu sublinhar os exemplos positivos.

“Não queria neste momento avançar nenhum comentário que pudesse ser associado a casos concretos. Apenas digo que é fundamental que as pessoas percebam que essa imagem que por vezes existe na juventude, muito negativa, de alguma política associada de forma geral aos políticos, tem um exemplo exatamente oposto que é a política de refugiados, de asilo, de migrações, que é nacional, consensual, que é isenta, que é honesta e transparente e respeitada em todo o mundo”, disse Marcelo no encerramento da Web Summit.

José Silvano viu-se envolvido numa polémica a respeito de falsas presenças no Parlamento. O secretário-geral do PSD esteve presente em todas as reuniões plenárias do mês de outubro, mas, e tal como o próprio reconheceu ao semanário Expresso, faltou a algumas das reuniões — ainda que a sua presença esteja confirmada no sistema eletrónico da Assembleia da República.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mbeu@observador.pt
Rui Rio

Pode António Costa salvar o PSD? /premium

Rui Ramos

Se o PSD e o CDS representam alguma coisa, é o repúdio do domínio socialista do Estado. Por isso, a oportunidade da direita democrática em Portugal se afirmar e crescer não é com o PS, mas contra o PS

PSD

Um eleitor de direita em 2019 /premium

João Marques de Almeida
310

Rui Rio comete um erro enorme: pretende impor uma pureza ideológica que o PSD nunca teve. Não há qualquer problema no PSD ser também social democrata. O problema é o PSD ser apenas social democrata.

Política

Ser de Direita

Pedro Barros Ferreira

A pergunta que se pode fazer é quem é que não tem lugar nesta direita. Quem não tem são os reaccionários que querem voltar atrás no tempo, por exemplo, que acham que o sexo só serve para reprodução.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)