O diplomata Paulo Chaves, chefe de divisão de informação e imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros, referiu Xi Jinping, presidente chinês, como “DDT”, sigla utilizada para “Dono Disto Tudo” num comentário de uma fotografia do líder chinês com a legenda “The dragon has landed” [em português, o “dragão aterrou”]. Na publicação, um dos seguidores do diplomata comentou: “já estão todos de cócoras e prontos para beijar a barra do casaco?”. Foi em resposta a esse comentário que o diplomata escreveu “DDT”. A notícia foi avançada na edição online do jornal Público.

Os comentários de Paulo Chaves terão sido partilhados entre diplomatas que terão ficado desagradados. O diplomata é um dos responsáveis pela missão para a presidência portuguesa da União Europeia em 2021 e o chefe de informação e imprensa (responsável pelas redes sociais).

O gabinete de Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios Estrangeiros, disse ao Público que “o ministro determinou ao organismo competente que averiguasse se foi aqui cometida alguma infração”. O gabinete refere também que o comentário “não é de todo adequado”, principalmente porque o diplomata é responsável pela informação e imprensa do MNE.

“Tudo o que possa fazer, dizer ou partilhar nessa rede social [Facebook] será potencialmente visto em função dessa associação”, explicou MNE, referindo que podem existir “consequências futuras”. O MNE disse também que a forma como o diplomata se manifestou “não reflete a posição do Governo”.

*Notícia corrigida às 23h58, o comentário “já estão todos de cócoras e prontos para beijar a barra do casaco?” foi erradamente atribuído a Paulo Chaves, quando foi outro utilizador da rede social que o escreveu.