Taça de Portugal

Final da Taça de Portugal marcada para dia de eleições Europeias. Federação pode ter de alterar a data

136

Governo diz não se ter apercebido da "coincidência" de datas entre final da Taça e Europeias, mas já falou com a Federação Portuguesa de Futebol para arranjar um solução conjunta.

LUSA

Pela quarta vez consecutiva, há eleições marcadas para o mesmo dia em que se realiza um jogo de futebol. Desta vez, calhou a final da Taça de Portugal realizar-se a 26 de maio de 2019, o mesmo dia em que estão marcadas as eleições europeias. Segundo o jornal Expresso (conteúdo exclusivo para assinantes), o Governo desconhecia a “coincidência”, mas a possível alteração da data do jogo já estará a ser equacionada.

O secretário de Estado do Desporto e da Juventude disse, em declarações ao jornal, que o Governo já falou com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para “criar condições para que se chegue a uma solução que agrade às duas parte e permita ultrapassar o problema”, admitindo que “não tinha consciência de que os dois eventos estariam marcados para o mesmo dia”. João Paulo Rebelo não adiantou qual será a solução, mas referiu que a proposta apresentada pela FPF vai ser avaliada.

O objetivo, disse ainda o secretário de Estado, “é que haja uma compatibilização entre as duas partes, para que as eleições decorram sem qualquer tipo de distração ou perturbação”. Em resposta ao Expresso, o organismo que tutela o futebol português esclareceu que o calendário para a época 2018/2019 foi publicado antes de o Presidente da República ter anunciado as datas das eleições legislativas e europeias, mas assumiu que a data da final da Taça de Portugal, que se realiza no Estádio Nacional, no Jamor, possa vir a ser alterada “depois de conhecidos os finalistas”.

Já o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE) criticou a “falta de sensibilidade para abordar o problema”, visto tratar-se da quarta vez em que uma situação destas acontece. João Tiago Machado afirmou que “tanto a Federação como a Liga deviam ter mais sensibilidade em relação a isto, não só por causa da abstenção mas também por causa dos grandes aglomerados de pessoas que se formam em dia de jogo e que dificultam o acesso às urnas”.

Já esta quinta-feira, em nota à imprensa a CNE, afirma que “tomou em boa nota a posição da Federação em admitir alterar aquela data, depois de conhecidos os finalistas da edição da Taça de Portugal”.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Futebol

Sobre o futuro próximo de José Mourinho

António Bento

No frio e previsivelmente longo Inverno de 2018-2019 a pele de José Mourinho não é boa de se vestir, como se vê por uma parte significativa das suas declarações à imprensa desde que foi despedido.

IAVE

Errare humanum est… exceto para o IAVE!

Luís Filipe Santos

É grave tal atitude e incompreensível este silêncio do IAVE. Efetivamente, o que sempre se escreveu nos anos anteriores neste contexto foi o que consta na Informação-Prova de História A para 2018.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)