Sara Sampaio

A morte fica-lhes tão bem: Sara Sampaio na capa da revista Paper

Esta não é uma capa qualquer. Com Sara Sampaio, Stella Maxwell e Sean O'Pry a nova edição da Paper recria o cartaz do filme de 1992 "A Morte Fica-vos Tão Bem".

Sara Sampaio, Stella Maxwell e Sean O'Pry são os protagonistas da nova capa da revista Paper

A manequim portuguesa é uma das protagonistas da nova edição da Paper, conceituada revista norte-americana nas áreas da cultura e do lifestyle. Sara Sampaio surge na capa, ao lado Stella Maxwell, também ela um anjo da Victoria’s Secret, e do manequim de 29 anos Sean O’Pry. Com um buraco na barriga e o pescoço retorcido, os três modelos não formaram apenas uma imagem insólita, viajaram até aos anos 90. A capa é uma recriação fiel do filme de 1992 A Morte Fica-vos Tão Bem (Death Becomes Her, título original), protagonizado por Bruce Willis, Meryl Streep, que surge de vestido vermelho, e Goldie Hawn, de fato branco.

A Morte Fica-vos Tão Bem, filme de 1992, realizado por Robert Zemeckis e protagonizado por Meryl Streep, Bruce Willis e Goldie Hawn © IMDB

Sara Sampaio não está imediatamente reconhecível na capa da Paper. De cabelo ruivo e olhos num azul acentuado, aparece com um fato branco de minissaia e casaco do designer Brandon Maxwell e com uns sapatos Manolo Blahnik, um visual muito próximo ao de Goldie Hawn no cartaz original. “Death Became Them” é o título que se lê na capa, o que, seguindo a adaptação do nome do filme, corresponderá a “A Morte Ficou-lhes Tão Bem”.

No interior da revista, Sara Sampaio encarna a ruiva sedutora, enquanto veste peças de marcas como Saint Laurent, Balenciaga, Prada, Louis Vuitton e Christian Dior. A produção teve styling de Juliana Grimenez e foi fotografada pelos irmãos Luca e Alessandro Morelli.

A capa da nova edição da revista Paper, com Sara Sampaio, Stella Maxwell e Sean O’Pry © Paper Magazine

Aos 27 anos, Sara Sampaio é a mais internacional das manequins portuguesas. Anjo da Victoria’s Secret desde 2015, apareceu recentemente na capa da edição indiana da Vogue, numa edição que assinalou os 11 anos da revista. Dias depois, no final de outubro, a manequim partilhava imagens dos bastidores da sessão para a Paper na sua conta de Instagram. “Foi uma das sessões fotográficas mais incríveis de que fiz parte. A MORTE FICA-LHES TÃO BEM! Ser capaz de trazer este filme fantástico para a moda foi simplesmente inacreditável”, escreveu Sara no Instagram, após a divulgação da capa, na passada quarta-feira.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
PSD

Marcelo, o conspirador /premium

Alexandre Homem Cristo

O pior destes 10 dias no PSD foi a interferência de Marcelo. Que o PSD se queira autodestruir, é problema seu. Que o Presidente não saiba agir dentro dos seus limites institucionais, é problema nosso.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)