Natal

Cardeal patriarca diz que “ninguém pode ficar de fora dum mundo de todos para todos”

140

D. Manuel Clemente lembrou que Jesus nasceu numa manjedoura por não ter lugar na hospedaria. "Nas sociedades que integramos continua a não haver 'hospedaria' para todos", relembrou.

D. Manuel Clemente, cardeal patriarca de Lisboa

MIGUEL A.LOPES/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O cardeal patriarca de Lisboa alertou esta segunda-feira, na sua mensagem de Natal, que existem pessoas sem saúde, trabalho, repouso e habitação condignas, defendendo que “ninguém pode ficar de fora dum mundo de todos para todos”.

No dia em que os cristãos celebram o nascimento de Jesus Cristo, Manuel Clemente lembrou que a notícia, na época, trouxe uma nota de contraste “algo dramática até” porque por falta de “hospedaria”, acabou por ser deitado numa manjedoura.

“Não teve lugar na hospedaria: aconteceu com ele, como continua a acontecer com muitos. Nas sociedades que integramos e nas cidades que habitamos continua a não haver ‘hospedaria’ para todos”, disse o cardeal patriarca, adiantando que “por razões económicas ou outras que se acrescentam, continuam a faltar condições para que todos possam nascer e crescer, como para viver o seu percurso natural completo, com o envolvimento solidário que merecem”.

O envolvimento solidário de que fala Manuel Clemente prende-se com saúde, trabalho, repouso e habitação condignas, assim como “respeito e companhia”. “Significa ninguém ficar de fora dum mundo de todos para todos”, salientou.

“Os cristãos acreditam que Jesus continua a alargar o seu Natal em cada ser humano com quem se identifica. Muita desta crença tornou-se convicção generalizada, reforçando a dignidade humana e os seus direitos, como há setenta anos se proclamaram em declaração universal”, disse Manuel Clemente.

Na sua tradicional mensagem de Natal, Manuel Clemente desejou que o “espírito de Natal” chegue a todos os que por ele anseiam e lhes preencha as carências que tenham.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Cristianismo

O natal, os três reis magos e outras fantasias

Donizete Rodrigues
144

O mito dos três reis magos é apenas uma representação simbólica, um modelo explicativo de grande significado para reforçar a importância de Jesus como salvador e unificador de toda a humanidade

Cristianismo

A douta ignorância dos sábios /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
1.183

Abundam os improvisados comentários teológicos, cozinhados à pressão na Bimby da opinião pública. Já faltou mais para um Prós e Contras sobre a virgindade de Maria …

Jesus Cristo

Narrativas evangélicas do Natal

Anselmo Borges
159

A Igreja só se justifica enquanto vive, transporta e entrega a todos, por palavras e obras, o Evangelho de Jesus, a sua mensagem de dignificação de todos, mensagem que mudou a História.

Natal

A revolução divina

Luis Teixeira
180

O livre arbítrio é central na mensagem cristã e significa uma ruptura clara na História. Com o cristianismo torna-se um princípio basilar que cada pessoa é inteiramente responsável pelas suas escolhas

Desigualdade

Estudar é para todos?

José Ferreira Gomes

Todos os jovens merecem igual consideração e há que evitar oferecer diplomas sem valor futuro no mercado de trabalho. O facilitismo só vem prejudicar os jovens, em especial os socialmente mais frágeis

Medicina

Reflexões de um jovem médico dentista

Luís Pereira Azevedo

77% dos Médicos Dentistas formados há menos de 2 anos têm uma remuneração inferior a 1500 euros brutos mensais. É grande a situação de precariedade e incerteza com que a profissão atualmente se depara

Desigualdade

Estudar é para todos?

José Ferreira Gomes

Todos os jovens merecem igual consideração e há que evitar oferecer diplomas sem valor futuro no mercado de trabalho. O facilitismo só vem prejudicar os jovens, em especial os socialmente mais frágeis

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)