Pepe, internacional português que desde dezembro está sem clube depois de ter rescindido com os turcos do Besiktas, pode estar a caminho do FC Porto, de onde saiu em 2007 para reforçar o Real Madrid. A informação foi avançada pelo jornal Record, que dava o acordo entre os dragões e o central como iminente, ao passo que O Jogo fala numa possibilidade real. A Bola acrescenta ainda que as negociações entre as duas partes estão muito adiantadas para um desfecho positivo para ambas as partes.

Pepe rescinde contrato com o Besiktas

Depois de ter jogado dez anos nos merengues, onde conquistou um total de 13 títulos entre os quais três Ligas dos Campeões, dois Mundiais de Clubes, uma Supertaça Europeia, três Campeonatos, duas Taças do Rei e duas Supertaças, o defesa mudou-se para a Turquia, onde esteve uma época e meia. Em dezembro, o Besiktas anunciou oficialmente a saída por mútuo acordo, com o devido pagamento de 100 mil euros até junho deste ano. Com o clube a atravessar uma grave crise financeira, Pepe teve ainda um gesto que não passou ao lado dos milhares de adeptos das Águias Negras, ao pagar do seu bolso alguns salários de funcionários do conjunto de Istambul, como cozinheiros ou tratadores da relva, no sentido de poder também ajudar.

Formado no Corinthians Alagoano, de onde se transferiu para a equipa B do Marítimo, Pepe chegou a fazer testes durante duas semanas na Academia do Sporting, em Alcochete, mas a verba pedida pelos insulares acabou por abortar um eventual negócio. O luso-brasileiro cumpriu duas temporadas no conjunto madeirense antes de ser contratado pelo FC Porto em 2004, com o intuito de substituir na equipa Ricardo Carvalho, que entretanto tinha sido vendido ao Chelsea por 30 milhões de euros.

Pepe jogou no FC Porto entre 2004 e 2007, tendo ganho dois Campeonatos e uma Taça Intercontinental entre seis títulos (MIGUEL RIOPA/AFP/Getty Images)

Em três temporadas no Dragão, conquistou dois Campeonatos, duas Supertaças, uma Supertaça e uma Taça Intercontinental, na final com o Once Caldas decidida no desempate por grandes penalidades. Depois, e no mesmo ano em que se estrearia pela Seleção A de Portugal, acabou por sair para Espanha também por 30 milhões de euros. Subcapitão do grupo agora comandado por Fernando Santos, Pepe soma mais de 100 internacionalizações pela Seleção Nacional (com sete golos), tendo ganho o Europeu de 2016 entre as sete fases finais que disputou de Mundiais, Europeus e Confederações desde 2008.

O centenário de Pepe comemorado com um golo e dois convidados que iniciaram o caminho na Seleção

Aos 35 anos, o defesa já tinha manifestado a sua vontade de poder regressar a Portugal, havendo agora esta forte possibilidade de voltar ao FC Porto onde irá reencontrar o antigo companheiro de equipa Iker Casillas. Já os dragões ganham uma opção de peso para o eixo defensivo, que dá uma outra segurança em relação a uma possível saída de Éder Militão (que, a acontecer, terá de ser pela cláusula de rescisão) e, em paralelo, margem para a cedência por empréstimo ou a título definitivo de Mbemba, central contratado esta temporada ao Newcastle e que tem sido cobiçado por alguns clubes como o… Besiktas.