O T-Cross, o mais recente membro da família SUV da Volkswagen foi apresentado no final de Outubro e chegará ao mercado já no próximo mês de Abril, com preços em linha com os valores que o Observador noticiou na altura. A versão de entrada, movida pelo três cilindros a gasolina 1.0 TSI de 95 cv custará 18.733€, valor que não inclui despesas administrativas ou a pintura metalizada, mas contempla de base computador de bordo, ar condicionado manual, rádio Composition Colour, pacote conectividade com Bluetooth, banco do condutor com regulação em altura, Front Assist com sistema de protecção de peões e Lane Assist.

Quem quiser um pouco mais, em termos de equipamento, deverá desembolsar também mais. Gastando à volta de mais 2.350€, acede-se a um nível mais equipado, o Life, que soma aos anteriores argumentos jantes em liga leve de 16 polegadas, cruise control adaptativo, volante multifunções em couro e app Connect. O rádio passa a ser Composition Media e, debaixo do banco do passageiro, passa a existir uma caixa para armazenar coisas. O T-Cross 1.0 TSI de 95 cv Life é comercializado por 21.089€.

A oferta a gasolina é ainda composta pelo mesmo bloco numa versão com 115 cv, que se apresenta nos níveis de equipamento Life ou Style (a mais completa), exigindo em troca 22.220€ e 25.578€, respectivamente.

A gasóleo, a representação está entregue ao quatro cilindros 1.6 TDI de 95 cv, que requer cerca de mais 2.200€ do que a alternativa equivalente a gasolina. Com o nível de equipamento Life custa 23.296€, enquanto o Style será colocado à venda por 26.648€, sendo o acréscimo justificado pela inclusão de itens como faróis dianteiros em LED, Active info display, sensores de estacionamento e câmara traseira, retrovisores comandados electricamente, ar condicionado Climatronic e jantes de 17”, entre outros.