O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), teve uma boa evolução clínica após realizar esta segunda-feira uma cirurgia para retirar uma bolsa de colostomia, informou esta terça-feira o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

“O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, apresenta boa evolução clínica cirúrgica após procedimento de reconstrução do trânsito intestinal e extensa lise de aderências realizado na segunda-feira”, lê-se num boletim médico divulgado esta terça-feira pelo hospital.

Na segunda-feira, o chefe de Estado brasileiro passou por um procedimento cirúrgico para retirar uma bolsa de colostomia que teve duração de sete horas e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

Segundo o boletim médico, Bolsonaro não apresentou sangramentos ou qualquer outra complicação, permanece sem febre ou disfunções orgânicas e está a receber analgésicos para controlo de dor.

O Presidente do Brasil foi internado no último domingo para realizar a cirurgia e a previsão inicial dos médicos é de que permaneça no hospital durante dez dias.

A cirurgia de retirada da bolsa de colostomia do Governante brasileiro aconteceu no hospital Albert Einstein, o mesmo centro hospitalar onde foi tratado dos ferimentos de facada que sofreu em setembro passado, durante um ato de campanha na cidade brasileira de Juiz de Fora.