Volkswagen

Surpresa! Volkswagen vai usar baterias da Tesla

160

O construtor alemão parece estar disposto a entrar sem ‘preconceitos’ na mobilidade eléctrica. Depois da abertura para partilhar a plataforma MEB, sabe-se agora que vai recorrer a Powerpacks da Tesla.

Depois de surpreender com a sua abertura para ceder a outros fabricantes, sob licença, a plataforma MEB (especificamente desenvolvida para veículos eléctricos), a Volkswagen volta a ser notícia no âmbito da mobilidade eléctrica, ao anunciar que está a adquirir e a instalar Powerpacks da Tesla em mais de uma centena de estações de carregamento que compõem a rede Electrify America, nos Estados Unidos da América.

Segundo a Electrify America, os Powerpacks da Tesla vão ser montados no decorrer deste ano. Graças a estas baterias, é possível armazenar até 350 kWh e fornecer até 210 kW, o que significa que a rede da Volkswagen deverá “aguentar” com várias solicitações de carregamento de veículos eléctricos em simultâneo – os chamados picos de carga.

Além de “vender”, qual é o interesse da Tesla em fornecer a sua tecnologia à concorrência? Certamente que o marketing da companhia norte-americana ficará grato, pois não deixa de ser uma óptima ‘campanha’ ter um dos maiores construtores mundiais de automóveis a optar pela tecnologia de uma marca que, há cerca de um ano, alguns diziam que estaria prestes a falir. Aliás, é o próprio CEO da Electrify America, Giovanni Palazzo, quem justifica a opção pelos Powerspacks da Tesla “devido à sua experiência global no desenvolvimento de soluções para armazenar energia em baterias e no carregamento de veículos eléctricos”.

A Electrify America pretende ter, até meados de 2019, uma rede de quase 3.000 carregadores em solo norte-americano. Porém, até agora, só 89 estações de carga estão a funcionar. Recorde-se que, na Europa, a Volkswagen juntou-se à BMW, Daimler e Ford para implementar a rede Ionity, com carregadores de alta potência (350 kW). Em Portugal e Espanha, coube à Cepsa acolher esses pontos de carga (cerca de uma centena) nas suas estações de serviço, tendo sido anunciado que estariam operacionais no início deste ano.

Complementarmente, a Volkswagen está a desenvolver postos móveis para carregamento de veículos eléctricos, cuja produção já se iniciou, embora a sua chegada ao mercado não deva acontecer antes de 2020.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt
Educação

Aprendizagem combinada: o futuro do ensino

Patrick Götz

Só integrando a tecnologia na escola se pode dar resposta às necessidades do futuro, no qual os futuros trabalhadores, mesmo que não trabalhando na indústria tecnológica, terão de possuir conhecimento

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)