As exportações e as importações de bens aumentaram 5,3% e 8,0% em 2018, desacelerando face às subidas de 2017, e o défice comercial agravou-se para 17.130 milhões de euros, divulgou esta sexta-feira o INE.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), o défice da balança comercial aumentou 2.670 milhões de euros face ao ano anterior, refletindo-se num decréscimo da taxa de cobertura em 2,0 pontos percentuais, para 77,2%, em 2018.

Em 2017, as exportações e importações de bens tinham subido 10% e 13,1%, respetivamente.

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as exportações e as importações cresceram respetivamente 5,5% e 7,6% em 2018 (+8,9% e +11,4% em 2017).