O treinador Abel Ferreira disse esta segunda-feira que o Sporting de Braga quer reagir às duas derrotas seguidas no campeonato já na terça-feira, frente ao FC Porto, na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol.

A derrota caseira (2-0) com o Belenenses, na sexta-feira, foi a segunda seguida na I Liga, depois do desaire em Alvalade com o Sporting (3-0), mas Abel Ferreira, apesar de reconhecer que a equipa “não está habituada a perder”, frisou que “há altos e baixos no futebol”.

“Queremos reagir, esta é uma competição a eliminar, a duas mãos, diante de um adversário que dispensa apresentações, nós estamos preparados para esta batalha e queremos muito lutar pela vaga que existe para a final, porque foi um dos objetivos que definimos”, disse.

Em declarações à imprensa no fim de semana, António Salvador frisou que seria uma “frustração” ficar fora do pódio do campeonato, depois do Braga já ter estado colado aos dois da frente, FC Porto e Benfica, e ter tido sete pontos de vantagem sobre o quarto classificado, posição ainda ocupada pelo Sporting.

“Não faço prognósticos, a minha varinha mágica é dia a dia, estamos todos alinhados com os nossos objetivos que estão bem definidos desde o primeiro dia e vamos lutar por eles até ao fim. O campeonato fecha-se em maio, estamos todos alinhados. Pressionado? Cada um tem a sua opinião, agora é a Taça de Portugal e não quero dispersar o foco”, disse.

O técnico anteviu “um jogo equilibrado e muito intenso”, entre duas equipas que “vão em busca do mesmo objetivo”: “O plano de jogo está traçado, nesta competição, sim, o clube tem história e passado e queremos honrá-lo”, advertiu.

Abel Ferreira não quis confirmar se o clube vai apresentar recurso por Raul Silva, para que o central possa estar apto para o jogo no Estádio do Dragão, mas confirmou que Marcelo Goiano está de fora, por lesão.

Um possível substituto do capitão é Diogo Figueiras, mas o lateral direito já não joga desde agosto, por “mera opção técnica”, segundo observou Abel Ferreira, que garantiu que Marafona será titular e desvalorizou algumas exibições menos conseguidas de Tiago Sá.

“Acredito nos três guarda-redes que tenho. Amanhã [terça-feira], vai jogar o Marafona, porque confiamos nele, e no campeonato vai jogar o Tiago Sá. Ainda nenhum treinador que tinha passado por aqui tinha apostado nele”, disse.

Sporting de Braga e FC Porto defrontam-se na terça-feira, em jogo com início às 20h15, no Estádio do Dragão, no Porto, na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal.