A acção teve lugar na Florida, mais precisamente em Winter Heaven. Emmanuel Akowuah, de 77 anos, estava estacionado no seu veículo, acompanhado pela sua mulher, em frente a um restaurante da cadeia Taco Bell. Quando fez menção de arrancar de forma tão viril quanto a sua idade lhe permitia, Akowuah engrenou a marcha-atrás, o que num carro automático corresponde a “reverse”, a que os construtores de automóveis fazem corresponder a letra R, só para evitar confusões. E foi esse o drama, ou quase.

A confusão que se seguiu ao arranque foi devida ao facto de a letra R ser muito parecida à D – exclusivamente na opinião de Akowuah –, que se refere a Drive, o que em linguagem de caixa automática é sinónimo de andar para a frente, ou seja, primeira velocidade e seguintes.

Vai daí, quando Emmanuel Akowuah engrenou o D em vez do R e acelerou de forma decidida, como se a sua vida dependesse disso, o Nissan X-Trail (que nos EUA é conhecido como Rogue) deu um salto para a frente.

Sucede que o Nissan estava estacionado em frente a um restaurante da rede Taco Bell. E mesmo em frente ao SUV, transformado pelo condutor de 77 anos num míssil, estava um cliente sentado na mesa mais próxima da montra, preparado para abocanhar os tacos, burritos, quesadillas e nachos, as especialidades locais. Mas, felizmente para ele, faltava-lhe o molho picante da casa, pelo que se dirigiu ao balcão em busca do Taco Bell Hot Sauce. E foi o que lhe valeu, pois Emmanuel Akowuah derrubou a parede exterior e atirou-se à mesa onde ele estava sentado segundos antes. Para este cliente, que certamente vai passar a preferir as mesas longe da janela, este foi decididamente um molho salvador.