A Polícia Judiciária deteve um homem de 42 anos que, “em plena luz do dia”, abusava de uma criança menor — segundo a TVI24, trata-se do próprio filho.

“A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Sul, com o apoio da Policia Marítima, procedeu à identificação e detenção de um homem pela presumível autoria de um crime de abuso sexual de crianças agravado”, explica a PJ em comunicado.

Os factos ocorreram no dia de ontem, em plena luz do dia, cerca das 18 horas, numa praia, em Tavira, na zona do areal onde se pratica nudismo, tendo sido presenciados por vários naturistas que ali se encontravam, que interpelaram o autor e chamaram as autoridades.”

A PJ acrescenta que o detido, de 42 anos de idade, bancário e sem antecedentes criminais, “vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas”.