O concelho de Manteigas, na Serra da Estrela, recebe, entre 29 de junho e 6 de julho, uma prova da Taça do Mundo de Parapente que conta com alguns dos “melhores pilotos do mundo”, foi anunciado esta sexta-feira.

Segundo a Câmara Municipal de Manteigas, presidida por Esmeraldo Carvalhinho, na prova, que conta para o campeonato mundial da modalidade, está confirmada a presença de “125 dos melhores pilotos do mundo”.

A fonte refere, em nota hoje enviada à agência Lusa, que na iniciativa vão estar representados 25 países: Japão, Rússia, França, Suíça, Itália, China, Brasil, Alemanha, Turquia, Áustria, Reino Unido, Espanha, República Checa, África do Sul, Eslováquia, Polónia, Holanda, Irão, Ucrânia, Portugal, Nova Zelândia, Suécia, Bósnia, Noruega, Chile.

De acordo com a autarquia de Manteigas, no distrito da Guarda, o concelho, que está totalmente integrado na área do Parque Natural da Serra da Estrela e Rede Natura, possui “excelentes condições para a realização de eventos desta magnitude” atendendo às “condições naturais do vale glaciar [do Zêzere], boas descolagens e meteorologia favorável”.

A Taça do Mundo de Parapente — Manteigas 2019 [PWC – Paragliding World Cup 2019 — Manteigas], a decorrer entre os dias 29 de junho e 06 de julho, é a terceira prova do campeonato que se realiza este ano.

A prova é organizada pela WIND — Desporto, Natureza e Aventura, sob a chancela da Paragliding World Cup, e tem o apoio da Câmara Municipal de Manteigas.

Segundo a nota da autarquia, o campeonato é composto por um circuito de cinco provas efetuadas a nível mundial, sendo as duas primeiras realizadas em França (Coeur de Savoie) e na China (Linzhou).

A terceira prova decorre em Portugal (Manteigas) e as duas seguintes no Brasil (Pico de Gavião) e na Argentina (Loma Bola).

“No final das cinco provas, realiza-se a Super Final, para apurar o campeão mundial do circuito”, refere a organização.