Pelos menos uma pessoa morreu e oito ficaram gravemente feridas na zona central de Paris, depois de um incêndio consumir vários andares do hospital Henri-Mondor.

Ainda não se sabe o que provocou a morte de uma mulher, mas vários meios de comunicação franceses suspeitam de que a mesma terá ficado presa num elevador dentro do edifício. O incêndio, que teve início no sexto andar e depois alastrou aos restantes andares, teve início ao fim da noite de quarta-feira e prolongou-se pela madrugada desta quinta-feira.

“O incêndio no bloco residencial do hospital Henri-Mondor já está sob-controle graças às intervenções dos bombeiros” disse o diretor do hospital, Martin Hirsch, no Twitter.

Segundo a Reuters, ainda não são conhecidos os motivos que levaram ao deflagrar das chamas.