As autoridades afegãs informaram que os talibãs lançaram hoje um ataque na província de Baghlan, no norte do país, um dia depois de um ataque dos insurgentes à cidade de Kunduz, numa província vizinha, ter feito pelo menos 16 mortos.

De acordo com o porta-voz da polícia de Baghlan, Jawed Basharat, há tiroteios em curso nos arredores da capital da província, Puli Khumri.

O ataque acontece horas depois do enviado dos Estados Unidos para o processo de paz no Afeganistão ter afirmado que os Estados Unidos e os talibãs estão prestes a fechar um acordo para tentar acabar com o conflito que se arrasta há 18 anos.

“Estamos no limiar de um acordo que reduzirá a violência e abrirá a porta para que os afegãos se possam sentar juntos a negociar uma paz honrosa e sustentável num Afeganistão unido e soberano que não ameace os EUA, os seus aliados ou qualquer outro país”, escreveu Zalmay Khalilzad, na rede social Twitter, no final da nona ronda de negociações no Qatar.