A Polícia de Segurança Pública (PSP) identificou esta quinta-feira um aluno de 15 anos que se encontrava na posse de um cardsharp — uma faca dissimulada em formato de cartão —, na área da freguesia de Belém, em Lisboa. Um jovem de 16 anos, que lhe terá fornecido a arma branca, foi também detido por suspeitas de posse de arma proibida, informa esta força de segurança num comunicado emitido esta sexta-feira.

No decorrer de uma abordagem a um grupo de alunos que evidenciava comportamentos de risco junto a um estabelecimento de ensino na área da freguesia de Belém, em Lisboa, foi identificado um menor de 15 anos de idade, na posse de um cardsharp“, lê-se na nota.

Além de o jovem ter sido identificado e a arma apreendida, o aluno foi ainda sinalizado junto da CPCJ da área de residência, adianta a PSP. Questionado pelos polícias, o jovem de 15 anos “disse que tinha adquirido a arma através de um amigo que tinha outras facas“, explicou ao Observador fonte da PSP.

As armas apreendidas pela PSP, na sequência das buscas realizadas

Na sequência destas declarações, a polícia acabou por encontrar o jovem que lhe terá fornecido a arma branca — que, por ter mais de 16 anos, foi detido. Foram ainda realizadas buscas domiciliárias à casa do suspeito, na zona da freguesia das Avenidas Novas, em Lisboa. Ali, foram encontradas e apreendidas cinco armas : dois carsharps, uma faca de abertura automática, uma faca tipo karambit e uma reprodução de arma de fogo, tipo airsoft (ou seja, uma réplica de uma arma, em brinquedo)

O detido vai ser presente no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, esta sexta-feira, para audiência de julgamento. A PSP afastou a hipótese de se tratar de um caso de bullying, como o que acontece no início do mês, também num estabelecimento de ensino em Belém. Um rapaz de 14 anos levou uma arma para a escola para proteção por alegadamente sofrer de bullying.