A EDP Renováveis anunciou esta sexta-feira ter assegurado um contrato de aquisição a 15 anos para venda da energia produzida num parque solar de 200 megawatts no estado da Califórnia, EUA, com início de operação previsto para 2022.

“Dada a atual base de parques solares da EDP e os 950 megawatts (MW) de novos projetos de energia solar já contratados, o portfólio da EDP aumentará a sua diversificação tecnológica e alcançará 1,1 gigawatt (GW) de capacidade solar build-out [instalada] em 2022”, destaca a empresa num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo refere, considerando este novo contrato de aquisição de energia (CAE) – estabelecido através da sua subsidiária EDP Renewables North America LLC, detida a 82,6% – “a EDP tem atualmente assegurado 67% dos ~7,0 GW de capacidade build-out eólica e solar prevista para o período de 2019-2022, conforme anunciado no ‘Strategic Update’ de 12 de março de 2019”.

Para a empresa liderada por Manso Neto, os novos CAE que tem vindo a assegurar “reforça[m] o seu perfil de baixo risco e a sua estratégia de crescimento baseada no desenvolvimento de projetos competitivos e inovadores com visibilidade de longo-prazo”.