Há cães capazes de fazer as habilidades mais curiosas, que deixam os seus donos de lágrima ao canto do olho (de orgulho). Deixando de lado os cães “profissionais”, aqueles que desempenham funções como detectar drogas, bombas, corpos ou o que quer que seja que alguém tenha escondido para ninguém encontrar, até o mais pachola dos cães pode ser capaz de surpreender o dono.

Este caso vem de longe, da Florida, mais especificamente em Port St. Lucie, algures entre Miami e Fort Laudesdale. Ao que parece, o condutor de quatro patas viajava com o seu dono, quando este se perdeu e, depois de ter entrado numa rua sem saída, resolveu sair do veículo para pedir ajuda para encontrar o seu rumo. No processo, terá alegadamente deixado o motor a trabalhar e a caixa em “parque”, com o Max (assim se chama o cão) dentro do carro.

Ainda as suas dúvidas em relação ao trajecto não tinham sido esclarecidas, já o condutor estava mais preocupado com a estranha movimentação do seu carro, um Mercury Sable da 4ª geração, fabricado entre 2000 e 2005. Ao que tudo indica, Max, de tanto andar sentado ao lado do dono, percebeu (mais ou menos) como tudo funcionava, pelo que tratou de engrenar a marcha-atrás – a primeira opção disponível para quem vem de P, a que se segue o N (neutral) e o D (drive) – e ir dar uma curva.

Car circles the cul-de-sac with ‘MAX’ locked inside

On November 21, 2019 at around 8:07 am, officers went to the 2600 block of SW Edith Court, Port St. Lucie, FL for reports of a dog locked inside of a car (2003 Silver Mercury Sable) circling the cul-da-sac while in the reverse gear.While on scene, police learned the owner of the car made a wrong turn onto SE Edith Court, therefore he (owner) stopped his car, stepped out and while doing so, he shut the door leaving the dog inside. The dog named MAX accidently hit the shifter into reverse causing the car to circle the cul-de-sac, leaving the owner locked out of the car. As the car circled the cul-de-sac, it struck and damaged a mailbox. The owner provided police with an extra car fob, however it was inoperable due to a dead battery, so police gained access by approaching the car and entering the code on the key pad located on the driver side door. No injuries were reported, and the car sustained minor damage. MAX was fine, healthy and happy!

Posted by Port St. Lucie Police Department on Friday, November 22, 2019

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

E uma curva foi exactamente o que aconteceu, pois fosse com as patas ou com os dentes, o cão conseguiu arrancar, mas sentiu algumas dificuldades com o manuseamento do volante, que como estava no limite, levou o Sable de andar por ali a desenhar círculos. Felizmente para o Max e para o dono do Mercury.

Chamada a polícia para resolver o problema, o agente conseguiu abrir a porta, por o Mercury estar equipado com um teclado exterior a controlar o fecho. Max, aparentemente pouco satisfeito com o funcionamento da direcção, abandonou o Sable à primeira oportunidade, para depois o agente saltar para dentro do veículo e pará-lo. E sem danos, pois além de uns caixotes de lixo e umas caixas de correio, não houve danos mais prejuízos evidentes.