Cinco militares venezuelanos foram detidos numa reserva indígena localizada em território brasileiro e foram transportados para interrogatório com o objetivo de determinar as razões da sua presença no país, informaram fontes oficiais esta sexta-feira.

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil refere que os militares venezuelanos foram detidos pelo Exército na reserva de São Marcos. Estavam desarmados e foram conduzidos até Boa Vista, capital do estado de Roraima, onde estão a ser interrogados.

As autoridades brasileiras adiantam que o país intensificou o patrulhamento na região que fica na faixa de fronteira com a Venezuela.