A PSP recuperou na quinta-feira diverso armamento de guerra que pertencia a um militar falecido, nomeadamente três pistolas metralhadoras, uma espingarda automática AK-47, uma carabina e dezenas de munições de diversos calibres, foi esta sexta-feira revelado.

Em comunicado, a direção nacional da PSP adianta que entre o material apreendido estava também uma pistola e uma espingarda e acessórios diversos.

Esta recuperação de armas foi realizada com a ajuda de um descendente de um militar falecido que descobriu o armamento do qual desconhecia a existência e solicitou de imediato à PSP a sua recolha e encaminhamento.

A PSP relembra que decorre até 22 de março de 2020 o período de entrega voluntária de armas não registadas.