Na mesma rede social onde tantas vezes faz comunicados ao país, ao mundo ou reage a tudo o que dizem sobre ele, o presidente norte-americano Donald Trump retweetou uma fotomontagem em que a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, e o senador Chuck Schumer, usam hijab e posam para a fotografia com a imagem da bandeira do Irão em pano de fundo.

A imagem começou por ser publicada, segundo o La Vanguardia, numa conta anónima com a legenda “Os democratas corruptos a fazer todo o possível para o resgate do ayatollah”. A fotografia, que tem inscrita a mensagem “Democratas 2020”, parece mostrar o apoio dos democratas ao Islão e aparece no dia em que se sabe que o dossier do processo de impeachment está pronto para entregar ao Senado.

Esta semana, Nancy Pelosi, afirmou a um programa da cadeia ABC que abater o avião ucraniano, em que 176 pessoas que embarcaram em Teerão morreram, foi “uma tragédia terrível, terrível” e lembrou que agora nas ruas de Terrão há manifestantes contra o regime, mas que antes — após a morte de Soleimani – houve manifestantes nas ruas contra os Estados Unidos.

Já a Fox News perguntou à responsável pela imprensa da Casa Branca, Stephanie Grishman, sobre este tweet: “Eu acho que o presidente enfatizou que os democratas parecem odiá-lo tanto que estão dispostos a ficar no lado da liderança dos países que querem matar os americanos ”, disse.