O tenista austríaco Dominic Thiem, quinto jogador mundial, qualificou-se esta quarta-feira para as meias-finais do Open da Austrália, primeiro Grand Slam do ano, ao bater o espanhol Rafael Nadal, líder da hierarquia, graças a três tie breaks.

Thiem, que chega pela primeira vez às meias finais em Melbourne Park e pela quinta num torneio do Grand Slam, após quatro em Roland Garros, superou Nadal, vencedor da prova em 2009, por 7-6 (7-3), 7-6 (7-4), 4-6 e 7-6 (8-6), em quatro horas e 10 minutos.

Nas meias-finais, o austríaco vai medir forças com o alemão Alexander Zverev, sétimo da tabela ATP, que superou o suíço Stan Wawrinka, 15.º, por 1-6, 6-3, 6-4 e 6-2.

O espanhol, que tentava igualar os 20 títulos do Grand Slam do suíço Roger Federer — joga a outra meia-final face ao sérvio Novak Djokovic -, desperdiçou um set point, a servir, no primeiro parcial e uma vantagem de 4-2 no segundo.