O desemprego na Grécia caiu em dezembro para 16,3%, menos 2,2 pontos percentuais que no mesmo mês de 2018, o nível mais baixo desde março de 2011 e menos 0,2 pontos que em novembro, foi esta quinta-feira anunciado.

Segundo dados divulgados esta quinta-feira pela agência de estatística grega, Elstat, o número de desempregados em termos absolutos recuou para 758.886 pessoas, menos 1,6% que em novembro e menos 13,1% que no mesmo mês de 2018.

Apesar da melhoria registada, a taxa de desemprego jovem manteve-se muito elevada em dezembro de 2019, em 34,7% para as pessoas com idades entre 15 e 24 anos e em 22,2% na faixa etária entre 25 e 34 anos. O número de pessoas inativas – que não estão ativamente à procura de emprego – alcançou 3.252.811, mais 0,5% que em dezembro de 2018.

A taxa de desemprego na Grécia, que se mantém como a mais elevada da União Europeia, continuou a ser significativamente maior entre as mulheres (20,2%) do que entre os homens (13,2%).