Obrigado por ser nosso assinante. Usufrua de leitura ilimitada deste e de todos os artigos do Observador.

Em 2018, Sara Correia editou um dos álbuns mais surpreendentes do ano. Não se tratava de inovação ou da criação de uma linguagem ou estéticas surpreendentes. Sara Correia conquistou graças a uma interpretação poderosa e sincera do fado, com a tradição toda a noa voz, ainda que jovem, e a apontar para a construção de um percurso promissor.

Agora, em 2020, Sara Correia está de regresso. terá novo disco, mas antes tem uma primeira canção a apresentar. O título é “Chegou Tão Tarde” e este é o vídeo, realizado por Cláudia Batalhão:

Além de ser a primeira pista para o que está por vir num novo conjunto de canções, “Chegou tão Tarde” é também o primeiro original editado por Sara Correia depois do primeiro álbum e após um 2019 passado quase todo e digressão.

“É preciso cantar cada vírgula”. De onde vem todo este fado de Sara Correia?

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR