Os casos do novo coronavírus no Mundo superaram a barreira dos quatro milhões, o que representa um aumento de um milhão nos últimos 11 dias, segundo dados confirmados esta terça-feira pela Organização Mundial Saúde (OMS).

Os quatro milhões de infectados foram alcançados quatro meses após o primeiro caso do novo coronavírus ter sido detetado fora da China. Em março, o aumento de casos foi exponencial: em 3 de abril foi registado o primeiro milhão, no dia 17 já existiam dois milhões e no último dia do mesmo mês haviam aumentado para três milhões, o que significa que hoje chegámos a quatro milhões em menos dias.

O maior salto nas últimas 24 horas foi dado pela Rússia, que se tornou o terceiro país mais afetado, com mais de 221 mil pessoas com Covid-19, acima dos 220 mil no Reino Unido e dos 219 mil na Itália.

Rússia ultrapassa Reino Unido e Itália em número total de casos

A evolução diária das notificações oficiais pelos países indica um aumento de 63.139 novos casos nas últimas 24 horas. Em relação às mortes, aumentam para 278.892, o que representa um aumento diário de 8.527 casos, de acordo com a OMS.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A pandemia de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, está agora localizada no continente americano, que a qualquer momento vai superar o número total de pessoas que foram infetadas pelo vírus na Europa, sendo no momento o principal foco da doença.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 283 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios.