Creme Chantilly Hidratante

Da pastelaria francesa para a cosmética, a histórica Benamôr acaba de anunciar um cruzamento insólito. Concebido para o rosto, o novo Creme Chantilly Hidratante foi buscar a textura leve e cremosa do famoso topping, sem esquecer a hidratação essencial, sobretudo no caso das peles mais maduras. Composta a 98% por ingredientes naturais, a fórmula combina vitamina E com a ação calmante das rosas de cultivo biológico. Boião e caixa também não foram esquecidos. Seguem a estética retro desta marca portuguesa, que está a quatro anos de celebrar o centenário. O novo creme está à venda na loja online, mas também na Perfumes & Companhia, El Corte Inglés e n’A Vida Portuguesa. Custa 25,90 euros.

© Divulgação

Escapism, a nova coleção da Latitid

Por mais que o indesejado vírus ameace o verão, há modas que não passam e uma delas é olhar para as novas coleções das marcas portuguesas de swimwear. Em 2020, a Latitid voou até Los Angeles, cidade envolta numa eterna golden hour. Ao corte simples e minimal de biquínis e fatos de banho, quase sempre em cores lisas, a marca adicionou modelos statement, pensadas para dar nas vistas, seja no areal, à beira da piscina ou num editorial de Instagram. Entre variações de vermelho, um azul petróleo intemporal e, claro, opções em branco e em preto, parte da nova coleção já está à venda na loja online, e com alguns complementos de vestuário. Os preços vão dos 95 aos 135 euros.

© Joel Bessa

Vai ficar tudo bem… com a Bailarico

Para quem não conhece, a Bailarico é uma loja de cerâmicas no bairro de Benfica, em Lisboa, de onde é difícil sair de mãos a abanar. Com a reabertura de portas vieram algumas novidades, entre elas, estes pratos alusivos à retoma… não tanto da economia, mais do otimismo. “Vai ficar tudo bem”, “Amor” e “Felicidade” são as palavras de ordem inscritas nas peças. Custam 5,90 euros.

© Instagram

Rouge Hermès, os novos batons recarregáveis

Nem todos os luxos são inalcançáveis, da mesma forma que um batom, por muito efémero que pareça, pode transformar-se num objeto sem prazo de validade. A Hermès prova-o com uma edição de batons que são verdadeiras obras de arte, desenhados por Pierre Hardy, diretor criativo de joalharia e calçado da maison. Divididos entre acabamentos mate e acetinados, os 24 tons de Rouge Hermès foram ainda trabalhados do ponto de vista da sua fragrância pela própria responsável por todas as criações olfativas da marca, Christine Nagel. Além de bonitos, são também recarregáveis. Duas vezes por ano, a marca irá complementar a paleta de tons base com três edições limitadas. Em Portugal, a linha Rouge Hermès está à venda em exclusivo na boutique do Chiado, em Lisboa. O preço é 62 euros, as recargas custam 38 euros.

© Maud Remy-Lonvis

Le Mot x Ajuda de Berço

O momento continua a ser de emergência, no que à solidariedade diz respeito. Para deixar essa mensagem bem clara e, ao mesmo tempo, cumprir a sua parte, a marca portuguesa Le Mot está a apoiar a Ajuda de Berço, com parte das vendas de um dos modelos da nova coleção. Ao todo, a associação acolhe e cuida de 40 crianças até aos 12 anos. Agora, por cada t-shirt Joie de Vivre vendida, 10 euros revertem a favor desta missão. A t-shirt está à venda na loja online, custa 41 euros.

© Divulgação

Jacquemus na André Ópticas

Está quase a fazer um ano que Simon Porte Jacquemus estendeu uma longa passerrelle cor-de-rosa e a fez serpentear por entre os campos de lavanda, em plena Provença. A imagem ficará para sempre como um dos mais idílicos e memoráveis postais da moda francesa. A paisagem pode ter deixado vestuário e acessórios para segundo plano, mas com a chegada da primavera de 2020, a coleção volta a transportar-nos para aquele mesmo campo, pintado a vários tons de rosa. Neste caso, através dos óculos de sol, um exclusivo da André Ópticas em Portugal. As cores enérgicas e os ângulos retos fazem deles um dos acessórios mais fortes da estação. Custam 269 euros.

© Divulgação

“Vimos e Gostámos” é uma rubrica que pretende mostrar os novos lançamentos que vale a pena conhecer.