O Twitter vai começar a perguntar aos utilizadores da rede social se querem partilhar, ou não, uma hiperligação [link, ou inglês] que não abriram. O anúncio foi feito pela plataforma esta sexta-feira e o objetivo é garantir que as pessoas leiam o que partilham antes de, de facto, o partilharem.

Jack Dorsey, o fundador e presidente executivo da rede social, utilizou também o Twitter para partilhar esta funcionalidade e deixar a pergunta: “Leu o artigo que está quase a espalhar?”. Com esta medida, o que o Twitter quer fazer é evitar que se espalhe informação falsa com tanta facilidade.

Para já, a opção vai ser apenas implementada na versão do Twitter para o sistema operativo móvel da Google, o Android. Além disso, os responsáveis da rede social afirmam que a pergunta não vai aparecer sempre a todos os utilizadores que não carregaram no artigo antes de o abrir, não revelando que algoritmo vai ser utilizado.

Não obstante, se o utilizador quiser partilhar o artigo mesmo sem ter carregado neste, a rede social não vai impedi-lo. Para saber se uma pessoa leu ou não uma hiperligação o Twitter regista, através da própria plataforma, se o utilizador carregou ou não no link, não tendo a informação se uma pessoa o leu através de outro meio.