A Câmara de Matosinhos vai encerrar as praias do concelho na noite de São João de forma a “evitar aglomeração de pessoas”, informa a autarquia em comunicado. Entre as 19h00 do dia 23 e as 9h00 do dia 24 de junho, as praias vão estar interditadas.

É a Polícia Marítima que vai patrulhar as marginais, “numa ação concertada com a Polícia Municipal de Matosinhos e o Sistema de Salvamento Balnear”.

“Numa altura em que assistimos a persistentes aglomerados em várias cidades do país, queremos evitar que o mesmo suceda em Matosinhos numa noite que, por tradição, as pessoas se concentram na via pública”, apelou Luísa Salgueiro, presidente da Câmara, citada no comunicado.

As restrições não se ficam por aqui. As regras para os restaurantes mantêm-se: devem encerrar às 23h00. Os adereços alusivos ao S. João estão proibidos, quer no interior, quer no exterior dos estabelecimentos, e a música está proibida a partir das 21 horas.

Também “as lojas de conveniência, incluindo as que se encontram instaladas nos postos de abastecimento de combustível, têm ordem para fechar às 19 horas”. O comunicado alerta que “estão proibidas as festas particulares”, o “consumo de bebidas alcoólicas na via pública” e “a venda ambulante de comida e bebidas”.

As principais artérias do concelho serão patrulhadas pela PSP, GNR e Polícia Municipal, “durante a noite e madrugada no sentido de evitar ajuntamentos”.