O secretário de Estado da Saúde não quis fazer previsões relativamente à possibilidade de haver ou não público na Final Eight da Liga dos Campeões, que irá decorrer em Lisboa. Mas, tendo em conta a atual situação pandémica, António Lacerda Sales não hesitou: “nesta fase, obviamente que não”.

“Não sabemos como vai ser a evolução da pandemia e, tal como temos feito noutras situações, tomamos medidas de acordo com o que é a evolução e a própria proporcionalidade evolutiva da pandemia e portanto não poderei antecipar o futuro. Nesta fase, obviamente que não”, afirmou o governante, esta segunda-feira, durante a conferência de imprensa sobre a situação epidemiológica em Portugal.

Ainda sobre a Champions, Lacerda Sales destacou o trabalho “muito intenso” que sido feito entre o Estado Português, a Direção-Geral da Saúde (DGS), a Federação Portuguesa de Futebol e a UEFA.

Temos estado a fazer um trabalho conjunto com grande confiança e com grande entreajuda e garantidamente será um projeto de grande sucesso, onde obviamente a saúde e a segurança de todos os participantes e intervenientes são para nós o mais importante.”

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.