Um homem de 64 anos foi detido no concelho de Vinhais, distrito de Bragança, por alegadamente ter provocado um incêndio durante a realização de trabalhos agrícolas, divulgou a GNR esta terça-feira.

Segundo informação do comando distrital de Bragança da GNR, a detenção ocorreu na segunda-feira, na sequência de uma denúncia de que estaria a ocorrer um incêndio florestal, na zona de Rebordelo, em Vinhais.

Os militares da Guarda “deslocaram-se ao local onde detetaram o suspeito, com objetos que indicavam ter sido o responsável por ter provocado a ignição que se propagou e causou o respetivo incêndio, divulgou a GNR. Aquela força de segurança dá conta de “o incêndio consumiu 0,33 hetares de mato, não tendo colocado pessoas em risco.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Bragança.

A GNR alerta, em comunicado, que “a grande maioria dos incêndios registados no último ano teve origem na realização de trabalhos de gestão de combustível, queimadas e queimas de sobrantes de exploração”. Pede ainda para que “se evitem comportamentos de risco nos espaços florestais e agrícolas e, em caso de incêndio, ligue de imediato para o 112”.