O alemão Deutsche Bank quer fechar nos próximos anos cerca de uma centena das suas agências bancárias na Alemanha, principalmente em áreas urbanas, de acordo com a Efe.

O Deutsche Bank possui atualmente cerca de 500 agências bancárias próprias, além das 800 da sua subsidiária Postbank, e, no final da reestruturação, pretende ter cerca de 400 balcões, sem adiantar quantos trabalhadores serão abrangidos por este processo.

O setor bancário europeu está há anos a reduzir balcões e funcionários, medidas justificadas com a digitalização das operações, mas também com a necessidade de reduzir custos, que a crise desencadeada pela Covid-19 deverá acentuar.