Atualizado sábado às 12h00 com balanço de mortos. 

Vinte e seis pessoas, na sua maioria estudantes de escolas militares, morreram na queda de um avião de transporte militar na sexta-feira durante um voo de treino na Ucrânia oriental, de acordo com um novo balanço. “A Ucrânia perdeu 26 dos seus filhos”, escreveu o Presidente Volodymyr Zelensky na sua página da rede social Facebook, declarando o dia de sábado como de luto nacional.

O avião transportava um total de 27 pessoas: sete membros da tripulação e 20 estudantes da Universidade Nacional de Aviação de Kharkiv (leste).

O avião militar ucraniano caiu na noite desta sexta-feira em Chuhuiv, uma cidade na região de Kharkiv, no leste da Ucrânia. Num primeiro balanço foram anunciados 20 mortos, número que subiu para 22 pessoas, segundo o comunicado do ministério do Interior ucraniano emitido na sexta-feira.

O comunicado dava conta de dois sobreviventes, tendo sofrido queimaduras graves em 90% do corpo. A bordo estavam 18 cadetes da Universidade da Força Aérea de Kharkiv e cinco tripulantes que estavam a realizar um voo de treino. O acidente terá ocorrido por volta das 20h50, a apenas dois quilómetros do aérodromo militar e a cerca de 50 da fronteira com a Rússia.

Num vídeo partilhado nas redes sociais, é possível ver o local do acidente:

КРУШЕНИЕ САМОЛЁТА В ЧУГУЕВЕ!Очень страшная трагедия…Очень много погибших молодых ребят…

Posted by Михаил Владимирович on Friday, September 25, 2020

O Gabinete do Presidente já expressou as suas condolências às famílias das vítimas no acidente e desejou rápida recuperação aos sobreviventes. Numa publicação no Facebook, adiantou também que foi criada uma comissão para investigar “todas as circunstâncias e causas deste desastre”.

Увечері 25 вересня у Харківській області при заході на посадку в аеропорту міста Чугуєва розбився літак Ан-26 Повітряних…

Posted by Офіс Президента України on Friday, September 25, 2020