Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Primeiro a desilusão, depois as críticas. O estudo publicado na semana passada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que diz que quatro conhecidos antivirais não reduzem a mortalidade por Covid-19, não reúne consenso. E se foi imediatamente criticado pela empresa que produz o remdesivir, um dos medicamentos visados, depois foram vários os cientistas independentes que também apontaram as limitações do estudo. Outros, no entanto, consideram o estudo de elevada qualidade.

O que diz o estudo da OMS?

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.