Uma carruagem de metro embateu no final de uma estação e ficou suspensa numa escultura da cauda de uma baleia perto da cidade portuária holandesa de Roterdão, avança esta segunda-feira a agência Associated Press. No interior do metro estava apenas o maquinista que escapou ileso, quando este embateu contra as barreiras no final dos carris da estação na cidade de Spijkenisse, próximo do extremo sul de Roterdão. A estação é a última paragem na linha.

A carruagem ficou presa numa das duas barbatanas da escultura a vários metros do solo, impedindo a sua queda, mas a situação criou alguma agitação no local. As autoridades foram chamadas a intervir e pediram aos transeuntes que ficassem longe, lembrando que as restrições face ao novo coronavírus estavam em vigor.

Ainda assim, cerca de 50 pessoas estiveram no local no final da manhã desta segunda-feira, enquanto os engenheiros tentavam descobrir como estabilizar e remover o comboio, tendo em conta os ventos fortes que se faziam sentir naquela zona.