436kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

No mapa pintado de laranja, Ventura ficou doze vezes em segundo e Ana Gomes oito

Este artigo tem mais de 1 ano

Ventura teve menos votos no total do que Ana Gomes e Marcelo, mas ainda assim foi o que mais vezes ficou em segundo a nível distrital. O mapa do primeiro lugar e dos segundos classificados.

Um eleitor com luvas protetoras coloca o seu voto na urna na escola básica do Parque das Nações, 24 janeiro 2021,  em Lisboa. Mais de 10 milhões de eleitores são hoje chamados a escolher entre os sete candidatos a Presidente da República, numas eleições em que a abstenção é o principal adversário devido à pandemia de covid-19. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA
i

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Voltou a ser um mapa pintado de laranja. Tal como em 2016, Marcelo Rebelo de Sousa, apoiado pelo PSD, pelo CDS e por alguns socialistas, venceu em todos os distritos, em todos os concelhos e em praticamente todas as freguesias. A exceção foi em Póvoa de S. Miguel, Sobral da Adiça, Mourão e S. Vicente e Ventosa — todas no Alentejo, que foram roubadas por Ventura, e Pias, Alcórrego e Maranhão (ambas no Alentejo) e S. Martinho (Setúbal) — que mantêm a preferência pelo PCP. Já Ana Gomes ficou em primeiro em Morgade e Negrões (ambas em Montalegre).

Numa perspetiva mais geral, Marcelo Rebelo de Sousa reforçou a sua votação em todos os distritos (exceto Bragança), de tal forma que em todos passou os 50% dos votos, ao contrário do que tinha acontecido em 2016. Foi nos distritos onde Marcelo não foi tão bem sucedido que André Ventura mais se destacou. O candidato teve os melhores resultados em Portalegre (20%), Bragança (17,6%), Évora (16,8%), Faro (16,7%) e Beja (16,2%).

Embora André Ventura tenha ficado em terceiro lugar a nível nacional, atrás de Ana Gomes e de Marcelo Rebelo de Sousa, foi o candidato que mais vezes esteve em segundo lugar nas contas distritais (o que pode ser explicado pelo facto de a adversária ter ganho em locais mais populosos). Essa classificação de Ventura aconteceu doze vezes: em Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Leiria, Beja, Faro, Portalegre, Évora e na região autónoma da Madeira.

Já Ana Gomes chegou ao segundo lugar em sete distritos do continente (Viana do Castelo, Braga, Porto, Setúbal, Aveiro, Coimbra e Lisboa) e também na região autónoma dos Açores.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.