Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Pelo segundo dia consecutivo Portugal não registou mortes por Covid-19. No entanto, o número de pessoas internadas, quer em enfermaria quer em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), subiu nas últimas 24 horas.

De acordo com o boletim da Direção Geral da Saúde (DGS) divulgado este domingo, há neste momento 271 pessoas hospitalizadas devido à Covid-19 — o número mais elevado desde 9 de maio —, mais 27 do que no dia anterior.

Além disso, 54 pessoas estão internadas em UCI, mais cinco do que nas últimas 24 horas.

Tal como aconteceu nos dias 22 e 23 de maio, Portugal voltou a não registar mortes por Covid-19 pelo segundo dia consecutivo. A este marco acresce o facto de, na última semana, serem seis as mortes devido à doença causada pelo SARS-CoV-2 — o que faz com que seja a semana com menos mortes desde o início deste ano.

Lisboa continua a ter o maior número de novos casos

O boletim da DGS confirma ainda a tendência que se tem verificado nos últimos anos, com o maior número de casos a estar concentrado em Lisboa. Nas últimas 24 horas, dos 445 novos casos de infeção, 185 registaram-se na região de Lisboa e Vale do Tejo, o que equivale a 41,6% do total de novos casos — uma percentagem, ainda assim, inferior à do boletim de sábado, quando Lisboa foi responsável por 53,7% das novas infeções.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nas últimas 24 horas, a capital portuguesa registou mais de 25 casos do que a região Norte, onde foram notificadas 160 infeções. No Centro há mais 31 casos, no Alentejo mais 14, no Algarve mais 17, nos Açores mais 28 e na Madeira mais 10.

O último boletim da DGS dá ainda conta de mais 256 pessoas — número inferior ao de novos casos — que recuperaram depois de terem sido infetadas com Covid-19. No total, desde o início da pandemia, há 808.813 recuperados.

Atualmente, há 23.847 contactos em vigilância pelas autoridades sanitárias, mais 378 do que no dia anterior. Há ainda 22.822 casos ativos no país, mais 189 que nos últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, morreram em Portugal 17.023 pessoas devido à Covid-19 e 848.658 foram infetadas pelo SARS-CoV-2.

Na matriz de risco, que volta a ser atualizada na segunda-feira, Portugal está no amarelo. O R(t) é de 1,07 e a incidência nacional está nos 59,6 casos de infeção por cada 100 mil habitantes (56 em Portugal continental).