Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um anúncio que durou pouco. A Câmara Municipal de Lisboa escolheu como rosto do podcast sobre “atividade municipal” Fernando Alvim. O contrato foi assinado com uma duração prevista de 283 dias e um custo que ultrapassa os 20 mil euros — tendo cada episódio um custo de 350 euros (mais IVA) — mas durou apenas dois dias, depois de anunciado publicamente pela Câmara Municipal de Lisboa. A associação entre a realização do podcast e as eleições autárquicas deste ano foi imediata e depois do coro de críticas sobre o dinheiro gasto em época pré-eleitoral, Fernando Alvim anunciou que ficaria suspenso até depois das eleições. Ao Observador, a autarquia confirma que foram gravados dois episódios do podcast, mas que o apresentador não quer receber o valor correspondente.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.