Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

De acordo com a informação enviada pela Tesla para a Administração Nacional de Segurança Rodoviária norte-americana (NHTSA), o fabricante vai chamar à oficina 2791 unidades dos Model 3 e Model Y. Em causa está o aperto insuficiente que foi detectado em alguns veículos nos braços laterais da suspensão dianteira, que com o passar do tempo se podem desapertar e provocar um acidente.

Segundo os media norte-americanos, a Tesla detectou o problema em 39 unidades, motivado por uma mistura de erro humano e problemas com o controlo de qualidade. Os proprietários das unidades envolvidas já foram contactados por email, informando-os que se devem deslocar à oficina para reapertar com o torque correcto o elemento da suspensão.

As unidades suspeitas envolvem os Model 3 fabricados entre 2019 e 2021, bem como os Model Y produzidos em 2020-2021.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR