Os sete chegaram à sala e foram recebidos com o flash das máquinas fotográficas, à medida que atravessaram o pequeno grupo de jornalistas ali reunidos, em fila, em direção ao palco. Luciana Berger tomou a dianteira e subiu ao pódio, adornado com um cartaz branco onde se lia em letras pretas carregadas “The Independent Group” (O Grupo Independente) e, por baixo, o lema #ChangePolitics (Mudar a Política).

Enquanto os restantes seis deputados se sentavam nas cadeiras alaranjadas ao seu lado, Berger começou por anunciar ser “Luciane Berger, a deputada do Labour…”, interrompendo-se de imediato. O seu riso nervoso foi acompanhado de imediato por algumas gargalhadas tímidas na sala, ou não fosse a presença de Berger ali precisamente para anunciar que aqueles sete deputados iam abandonar a segunda maior força política britânica. “Todos nós nos demitimos esta manhã do Partido Trabalhista”, esclareceu pouco depois. “Pessoalmente, sinto-me envergonhada por pertencer ao Partido”, acrescentou Berger. “Os [seus] valores têm sido consistentemente e repetidamente violados, minados e atacados.”

O anúncio daqueles sete deputados — Berger, Chris Leslie, Angela Smith, Mike Gapes, Gavin Suker, Ann Coffey e, provavelmente o mais mediático de todos eles, Chuka Umunna — caiu como uma bomba na política britânica e, em particular, dentro do Partido Trabalhista. E entretanto uma oitava deputada, Joan Ryan, juntou-se a eles. É a primeira cisão do partido em quase 40 anos, interligada a uma profunda crise política provocada pelo Brexit. O diferendo sobre a Europa não é o único ponto de contestação do grupo, mas pode também ter servido para acelerar este processo de saída de alguns. Uma coisa é certa: se o Partido Conservador está dividido, o Labour não lhe fica atrás.

Oito deputados abandonaram o partido. Porquê?

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.