A estória tem mais de um ano, o próprio autor fez um desmentido no Twitter, mas nem isso foi suficiente para parar o boato. Não, Amir Khan não doou 200 dólares aos pobres, escondidos dentro de pacotes de farinha. A publicação voltou a circular no Facebook nos últimos dias, com centenas de partilhas e comentários e o facto de Amir Khan ter decidido fechar todas as contas nas redes sociais pode ter ajudado a que o rumor tivesse voltado.

Publicação no Facebook com estória falsa

Pouco tempo depois de a Covid-19 se ter espalhado pelo mundo e a Organização Mundial de Saúde ter declarado a situação como pandemia surgiu o rumor de que a estrela de Bollywood Aamir Khan tinha doado o equivalente a 200 dólares, escondidos em sacos de farinha. A estória pretendia mostrar uma forma de fazer chegar ajuda a quem realmente dela precisava: só quem estava disposto a aceitar “apenas” um saco de farinha podia estar mesmo desesperado por ajuda.

Circulou em vários países e línguas diferentes, através de Whatsapp e Facebook e, a 4 de maio do ano passado, o ator acabou mesmo por fazer uma publicação no Twitter oficial para dizer que “não era a pessoa a colocar dinheiro em sacos de farinha”. “Ou é uma estória completamente inventada ou o verdadeiro Robin Hood não quer revelar a identidade”, escrevia o ator indiano no Twitter.

Nos últimos dias, no entanto, Amir decidiu abandonar todas as redes sociais, pedindo aos meios de comunicação social que não “especulassem” sobre os motivos de uma decisão “simples” — argumentando que era muito pouco ativo online — e acrescentando que as páginas oficiais continuariam disponíveis.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O facto de ser agora mais difícil encontrar o desmentido lançado há quase um ano pode ter ajudado a que o boato tivesse sido retomado e começasse a circular novamente nas redes sociais com mais intensidade. O ator terá, no entanto, realizado uma contribuição para a área do cinema no ano passado, para tentar mitigar os impactos da Covid-19 no setor, mas os media locais escrevem que o ator preferiu manter sob sigilo os montantes envolvidos.

Conclusão

É falso que Amir Khan tenha doado 200 dólares aos pobres, escondidos em sacos de farinha. Foi o próprio ator a desmentir, há mais de um ano a estória que agora regressa à boleia de Khan ter apagado todas as contas nas redes sociais. A publicação no Twitter onde fazia o desmentido já não está visível logo foi fácil voltar a pôr boato em circulação apesar dos vários fact check já feitos internacionalmente à mesma publicação.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge